Prefeito Dr Sandro articula recursos para pavimentação das MTs 322 e 430
Juntamente às prefeituras de Santa Cruz do Xingu, São Félix do Araguaia e produtores rurais da região, investimento acima de R$ 1 milhão será feito em 132km nas rodovias
Publicado em: 17/11/2021 ás 17:32:00 Fonte: João Pedro Donadel Da Redação Jornal Semana 7

A gestão municipal de São José do Xingu encabeçou um projeto de pavimentação de 132km nas MTs 322 e 430 em parceria com as prefeituras de Santa Cruz do Xingu, São Félix do Araguaia e produtores rurais da região.

Os trechos que receberam investimentos acima de R$ 1 milhão são os da cidade de São José do Xingu até o distrito de Espigão do Leste, em São Félix do Araguaia através da MT-322 e uma parte da MT-430, entre o Sucupira até o Natanael, interligando ambas.

O prefeito de São José do Xingu, Sandro José, o Dr. Sandro (DEM) encontrou-se com o vice-governador de Mato Grosso, Otaviano Pivetta (sem partido), ainda no início de 2021, para tratar da realização do serviço, através da Secretaria de Estado de Infraestrutura (Sinfra-MT).

Juntamente a um dos principais parceiros da cidade, o deputado estadual Dilmar Dal Bosco (DEM), as conversas foram proveitosas e resultou na confirmação, por parte da Sinfra, na pessoa do secretário Marcelo de Oliveira, pela execução das obras articuladas pelo gestor, com prefeitos da região e produtores rurais.

Segundo o executivo, o projeto do primeiro lote da MT-322, de 52 quilômetros, saindo de São José do Xingu em direção a Espigão do Leste já está pronto e entregue à Sinfra. Quanto ao projeto do lote correspondente aos 32 quilômetros entre o Sucupira ao Natanael, na MT-430, o prefeito disse que será finalizado e entregue ao Estado ainda em dezembro de 2021. O outro lote referente a MT-322, chegando a Espigão do Leste, ainda está em processo de finalização e deverá ficar pronto até o final de novembro.

“Fui buscar uma alternativa para resolvermos essa questão da logística do Xingu e chegamos a esse formato de parceria onde estaremos doando o projeto de asfalto de trechos da MT 322 e 430 e o Estado executará as obras favorecendo toda a região”, disse Sandro.

Assessoria

SJX com Pivetta

Prefeito se reuniu com o vice-governador Pivetta para tratar da pavimentação das rodovias

Sendo uma das principais regiões produtivas de Mato Grosso, o Araguaia-Xingu sofre há décadas com a falta de infraestrutura em suas estradas. Para dar um basta e buscar explorar esse potencial econômico gigantesco do local, a ação encabeçada pelo prefeito de São José do Xingu possa ajudar a região a atingir resultados ainda melhores.

O valor arrecadado junto aos produtores da região é de R$ 700 mil, enquanto as prefeituras investirão R$ 350 mil, resultando em mais de R$ 1 milhão para essa pavimentação. A expectativa é de que, com asfalto em um trecho tão vital para a produção do Araguaia-Xingu, toda essa região ganhará ainda mais investimentos, seja do poder público, como principalmente de empresas do agronegócio.

Fui buscar uma alternativa para resolvermos essa questão da logística do Xingu e chegamos a esse formato de parceria onde estaremos doando o projeto de asfalto de trechos da MT 322 e 430 e o Estado executará as obras favorecendo toda a região.

Pelo outro lado da MT-322, este vindo de Peixoto de Azevedo e Matupá, o prefeito informou à nossa reportagem que o Estado licitou trecho de 40km, encurtando a distância da cidade com o Nortão Mato-grossense, fazendo com que a cidade possa projetar, além da ligação com as demais do Araguaia, também com outra região altamente produtiva do estado.

Atual estado

Nos dias de hoje, a MT-322, que liga a BR-158 até a cidade de São José do Xingu não está pavimentada. Entrando na época das chuvas, causando problemas para os que utilizam a via. A chuvarada que caiu de forma contínua no último domingo (14) até o dia seguinte (15) causou crateras na via, causando a interdição de três estradas.

Uma equipe da Sinfra foi deslocada ao local imediatamente para recuperar a via. Vale ressaltar que em agosto deste ano o governo lançou licitação para executar serviços de manutenção e conservação de 190 km da MT-322, entre os entroncamentos com a MT-437 e com a BR-158. Entre os serviços a serem feitos pela empresa vencedora estão limpeza, controle de vegetação, conservação de drenagem, terraplanagem e obras complementares.

A atual situação, principalmente em períodos chuvosos, causa não só prejuízo às cidades, mas principalmente riscos à segurança dos motoristas que ali transitam.